Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

A REJU terá nova facilitação nacional

8-01-2017

GT de Transição

Após a facilitação de Edoarda S. Scherer, a Rede Ecumênica da Juventude (REJU) escolheu uma nova facilitação nacional. O processo foi anunciado no Encontro Nacional da rede em 2016 e após o período de indicações, consultas e diálogos com o GT de transição - formado por representantes das cinco regiões do Brasil - o jovem Jonathan Félix, que integra a REJU MG, passa a assumir as atribuições de facilitador nacional.

Jonathan Félix de Souza é católico, nascido no interior de Minas Gerais, na cidade de Coronel Fabriciano, no Vale do Aço. Graduou-se em administração, pós-graduado em Gestão de Pessoas com Coaching e Psicologia e orientação profissional, Master Coach e membro do grupo de pesquisa Religião e Cultura da PUC Minas.

Na Igreja Católica, militou na Pastoral da Juventude, participando de grupos de base e de coordenação na Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano. Em sua militância no movimento ecumênico, é fundador da REJU Minas e também co-fundador da Caminhada Pela Paz, evento ecumênico que reúne pessoas em defesa da paz e diminuição da violência em Coronel Fabriciano. É membro efetivo do Comitê Estadual de Respeito à diversidade religiosa e é assessor bíblico do CEBI MG.

Jonathan faz parte, também, do “Guerreiros sem Armas”, que é um grupo de jovens de vários países, que atuam em comunidades periféricas e promovem a transformação de pessoas e contextos sociais.

“Espero continuar trilhando com a REJU a história da juventude ecumênica no Brasil, construindo relações de afeto que potencializem as lutas das juventudes, fortalecendo a pluralidade do movimentos com mais vozes e encarando o desafio maior que é levar a REJU para o interior dos estados” disse o novo Facilitador Nacional.

Como etapa final de transição da nova facilitação, o facilitador passa a articular a rede nacional, com auxílio da facilitação anterior até a próxima reunião anual do FE ACT Brasil (Fórum Ecumênico do Brasil, membro da ACT Aliança).

Entenda o processo:

Qual foi o cronograma?

a) 15/12/2016 a 31/12/2017: indicações dos nomes para a nova facilitação nacional;

b) janeiro de 2017: escolha e transição da nova facilitação;

c) Janeiro a agosto 2017: período de transição do nome escolhido.

d) Reunião do FE ACT Brasil de 2016: nova facilitação é apresentada na reunião do FEACT Brasil.

reju facilitação nacional