Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Salve o Casarão de Itaquera - pela criação do Centro Cultural da Juventude da Zona Leste

26-01-2015
Juntos/as à Pastoral da Juventude de Itaquera (Paróquia Nossa Senhora do Carmo), Levante Popular da Juventude, RUA -Juventude Anticapitalista, Grupo URURAY -Patrimônio Cultural, e diversos outros coletivos e movimentos culturais e de juventudes que vêm se achegando e somando à esta causa, a REJU-SP está apoiando, desde novembro de 2014, à Campanha "Salve o Casarão de Itaquera- pela criação do Centro Cultural da Juventude da Zona Leste".

POR QUE UM CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE?

"Não queremos um Centro Cultural da Juventude para impor uma bandeira de uma cor a ninguém. Para impor uma linguagem de cultura burguesa. Queremos a arte que ainda não se revelou, e também a arte que se revela todos os dias e não tem espaço e incentivo para prosseguir. Queremos a mudança para que todos tenham o direito a despertar, para que todos experimentem das vivências comunitárias e encontrem na arte uma chave para a execução de justiça social. O Casarão da Juventude não é a ideia de um grupo que reivindica sua própria identidade. É sim um espaço para que as pessoas vivam melhor, para que haja um espaço para os nossos Brasis, plurais e diversos ande de mãos dadas com a dignidade. Queremos um centro cultural da juventude a partir de uma posição moral que sente repugnância diante da desigualdade, que sente repugnância diante do fato que haja jovens mortos pelo tráfico e pelas mãos da Polícia todos os dias. Que sente repugnância diante do fato de que haja elites políticas oligárquicas na região que cada vez vivem melhor sustentadas pela maior parte das pessoas. Um centro cultural não fará tudo isso desaparecer, mas contribuirá para que cada vez mais em vivências culturais, oficinas, aulas, encontros e meios lúdicos os sonhos de outra sociedade seja possível! A cultura é capaz de fazer isso!"

Em apoio a campanha, o mandato do vereador  Toninho Véspoli (PSOL -SP), está para encaminhar à Câmara Municipal de São Paulo um Projeto de Lei para destinar o terreno do casarão como de utilidade pública e sua destinação para ser um Centro Cultural da Juventude, justificando e evidenciando, entre outras:
  • "Atendimento de demandas enormes de juventudes que tem suas culturas marginalizadas (Funk e Rap);
  • Criação de um Centro Cultural da Juventude desenvolvendo um trabalho de valorização e desenvolvimento de talentos das juventudes das regiões da Zona Leste;
  • A importância de um centro cultural da juventude se dá ao longo do processo que está em curso de genocídio da juventude negra, pobre e periférica (ver mapa da violência 2013);
  • O espaço do Casarão é uma escolha por um espaço que une uma cultura histórica e pode acolher novos tipos de manifestações culturais;
  • Um centro de cultural da Juventude garante a valorização de novos sujeitos culturais do território da Zona Leste;
  • O exercício da cidadania plena contempla na constituição federal que toda propriedade privada decai sobre ela uma obrigação social, portanto, a população quando exige um equipamento público para o bem comum de todos, é de obrigação do estado provir desta solicitação."

Pensando nesta importante causa,elaboramos juntos/as à campanha "100 + BRASIL " que arrecadará, num ato simbólico, 100 assinaturas de cada capital brasileira em prol do projeto de criação do Centro Cultural da Juventude da Zona Leste em Itaquera. Para esta missão, convocamos nosso jovem Anderson Lisboa (PJ) para rodar o país a fora divulgando e promovendo nossa campanha.

O primeiro destino é a cidade de Belo Horizonte, onde ele estará durante essa quinta-feira (dia 15/01). Logo que conseguir as 100 assinaturas seguirá viagem rumo as outras capitais.

Enquanto isso, nós que ficamos em São Paulo, temos que continuar a campanha para que cada vez mais pessoas saibam dessa movimentação histórica do bairro de Itaquera.

A "luta" compartilhada pelo Centro Cultural da Juventude continua...

Texto: Alexandre Magno da Glória e Eduardo Brasileiro

Curtam e acompanhem a página da campanha no Facebook:

Apoio:

pj     rua    levante    ururay     logo_reju

Centro Cultural da Juventude Zona Leste São Paulo