Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Carta à Pastoral da Juventude (PJ-ICAR)

 “Não podemos deixar de falar das 
coisas que vimos e ouvimos...“
(Mt 4. 20)
 
À Pastoral da Juventude do Brasil

Inspirad@s no texto bíblico escolhido para celebrar a mística da Ampliada Nacional da Pastoral da Juventude (ANPJ) - realizada em Belo Horizonte entre os dias 19 a 26 de janeiro de 2014 - fazendo memória, com carinho e gratidão, do caminho que trilhamos junt@s na construção de “outro mundo possível”, não podemos deixar de falar e celebrar com vocês da Pastoral da Juventude, este tempo de encontro, avaliação e planejamento da missão, que foi a ANPJ.

A Rede Ecumênica da Juventude (REJU) quer reafirmar este caminho que percorremos. Ser mudança no mundo é a nossa característica em comum. E torcemos para que possa continuar a ser. A REJU, assim como a PJ, está na luta por um mundo mais justo, em que as juventudes possam ter seus direitos garantidos e consigamos superar as intolerâncias, a homo-lesbo-transfobia, o machismo, o racismo e a pobreza... “Chega de violência e extermínio de jovens”, nossa bandeira de luta, se faz cada vez mais urgente e necessária, numa realidade de tamanho extermínio e violência contra jovens, jovens negros, jovens gays, jovens lésbicas, mulheres jovens...

Agradecemos pela vida de nosso companheiro de caminhada: Thiesco Crisóstomo, que dedicou parte de sua vida ao anúncio e a denúncia, como verdadeiro profeta, por meio da função de Secretário Nacional da Pastoral da Juventude do Brasil. Sabemos que o tempo agora é de boas lembranças de tudo o que se realizou, inundando o coração de boas energias e pensamentos. O tempo agora é de caminhada para novos lugares e presenças, na luta que é cotidiana. Acolhemos a companheira Aline Ogliari, neste novo ciclo da sua militância na PJ, trazendo consigo a beleza e a ousadia das mulheres de luta. Nós, a REJU, temos o prazer de caminharmos junto com a Pastoral da Juventude. Por isto, damos as boas vindas à nova equipe, que vem para somar forças e entusiasmo na busca pela justiça.

Que sigamos no caminho da vida, junto aos/as jovens gerando vida em abundância, numa vivência ecumênica, na superação das intolerâncias religiosas e sexistas, na equidade de gênero, na efetivação da justiça socioambiental e no enfrentamento ao extermínio da juventude negra. Seguimos com mística, beleza, ternura e rebeldia!

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Pastoral da Juventude