Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Jovens lançam carta do congresso missionário

Durante os dias 28 a 30 de julho, os jovens de várias religiões e grupos, entre eles, a REJU SUL, reuniram-se no Congresso Missionário da Juventude , onde puderam aprofundar em estudos e discussões, acerca dos trabalhos com missão jovem e a Campanha contra Violência.

Ao final do congresso, foi publicada a Carta Aberta às Juventudes

Carta Aberta às Juventudes

Nós, Pastoral da Juventude da Diocese de Santa Cruz do Sul, desejamos formar jovens protagonistas, eclesial e socialmente, para a transformação das realidades de desigualdade e injustiça. Acreditamos que a Igreja só será jovem quando o jovem for Igreja, comprometida com o Reino e com uma nova sociedade.

É da indignação frente a essas realidades que surge o ardor missionário e o desejo de transformação. Por isso:

Nos  indignamos com a violência e extermínio das juventudes, que impossibilita a vida plena e digna de tantos e tantas jovens.

Nos indignamos com as opressões sofridas e exercidas nas relações interpessoais, em  especial nas de raça e gênero.

Nos indignamos com o não reconhecimento dos jovens como sujeitos sociais, capazes de optar e exercer sua cidadania, de forma plena e autônoma.

Sonhamos com a juventude produtora de uma nova cultura e uma nova arte, se apropriando de espaços, como a Casa Jesus Maria José, que acolheu esse importante momento, para que sejam sinais de nossa ousadia e protagonismo.

Sonhamos com a Civilização do Amor, lugar de acolhida e cuidado, respeito à vida e valorização de cada ser humano como portador de uma irrenunciável identidade moral.

Sonhamos com uma sociedade de relações igualitárias e respeito as diversidades. Onde todos/as assumam uma opção afetiva e efetiva pelos/as empobrecidos/as e pelos/as jovens, à luz das reflexões da Igreja Latino Americana, de Medellín a Aparecida.

Como juventude que se indigna e sonha, que denuncia e anuncia, encerramos o 1º Congresso Missionário de Juventude da Diocese de Santa Cruz do Sul com a teimosa esperança-ativa, que desinstala e impulsiona para a missão. Motivados pela certeza de que a cruz, assim como nossas indignações e sonhos, é caminho de liberdade, pão e paz para todos e todas.