Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Lançamento do livro - "Juventude e Justiça Socioambiental: perspectivas ecumênicas"

26-06-2012

Ficou pronto! Um livro: muitas vozes, gentes, palavras, vontades, paixões, causas, lugares, carnavais... Somos juventudes, somos gente de fé: apostamos na vida. Somos gente ecumênica, gente que se mobiliza por uma paixão: construir uma casa-comum realmente justa e sustentável, uma casa realmente habitável por todas as pessoas”. O texto, escrito pelo facilitador nacional da Rede Ecumênica da Juventude, a REJU, Daniel Souza, abre o livro Juventude e Justiça Socioambiental: Perspectivas Ecumênicas, lançado no dia 19, na Cúpula dos Povos. A publicação tem o apoio do Conselho Latino-americano de Igrejas (CLAI-Brasil), da Fundação Luterana de Diaconia (FLD) e do Centro de Estudos Bíblicos (Cebi).

O evento teve destaque: aconteceu na tenda principal do espaço Religiões por Direitos, na Cúpula dos Povos, reunindo um público considerável, incluindo a presença d@s teólog@s Ivone Gebara e Marcelo Schneider. “Fiquei muito feliz de ver como as igrejas avançaram no diálogo ecumênico, e estão mais abertas, falando de unidade e aceitando as diferenças”, disse Dayse Marcello, que tem formação em Educação Religiosa pelo Instituto Batista de Educação Religiosa (IBER/RJ). Ela, o marido, Mário Luiz Gomes, e Marcos Paulo Lima da Silva vieram de Senador Camará, periferia do Rio de Janeiro (RJ), a convite da FLD para o lançamento do livro.

“É preciso saudar a participação da juventude no movimento ecumênico e no movimento de transformação social e política, na direção de uma sociedade mais justa, também no plano espiritual”, afirmou o moderador do Conselho Mundial de Igrejas, o pastor Dr. Walter Altmann, da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), presente no evento. “Este livro é muito importante para o aprofundamento dessa reflexão e serve como uma ferramenta para o fortalecer cada vez mais o movimento jovem e o cenário ecumênico como um todo.”

A REJU é um espaço que busca promover a construção de redes regionais ecumênicas das juventudes, para o fortalecimento dos direitos juvenis e o diálogo contra a intolerância. “Somos jovens de diferentes localidades, movimentos, religiões e entidades, e buscamos o fortalecimento político das ações para a juventude e a garantia de direitos, além de capacitar e articular os jovens para que ocupem espaços de protagonismo na sociedade”, relatou Daniel Souza.

No final do evento, os presentes foram convidados a participar de uma grande ciranda de celebração.

Além do lançamento no dia 19, a REJU participou de inúmeras atividades durante a Cúpula dos Povos. Também organizou a Caravana da Juventude Ecumênica, que trouxe cerca de 200 jovens, brasileiros e de países da América Latina, ao Rio de Janeiro. Participam da caravana os jovens da IECLB, que integram o projeto Criatitude – Rumo à Rio+20 e jovens da FUMEC/CREAS.

Notícia adaptada do site da FLD: http://fld.com.br/