Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Quando Jesus voltar, estaremos de luto

Alguns dias amanhecem nublados. Os pássaros cantam diferente. Você pode não perceber logo de cara, mas está lá, você não está vendo mas tem alguma coisa no ar. Em alguns dias, sua vontade de cantar desaparece, e a de viver quase chega ao fim. Em muitos dias, as pessoas ao seu redor nem conseguem respirar e em alguns deles você também já não está muito a fim.

Há mais de dois mil anos, milhares de pessoas ao redor do mundo estão esperando a volta de Jesus. Milhares de outras pessoas estão certas de que o mundo está para acabar, e que tudo o que anda acontecendo por essas terras, é apenas um prenúncio do fim.

Eu que sou evangélico, depois de tanto esperar que Jesus voltasse para me levar daqui, acreditei que ele já não andava nem um pouco interessado em pisar por essas bandas. Mas percebi que pelo contrário, Jesus tem voltado todos os dias, a gente é que não está percebendo. Jesus volta a cada 9 minutos para um jovem negro que é assassinado violentamente no país. Somente no ano passado, Jesus voltou para mais de 300 homossexuais. Voltou para quase 5 mil mulheres e para milhares de inocentes que perderam a vida em guerras sangrentas ao redor do mundo.

Hoje, Jesus voltou para um time quase inteiro de futebol e para algumas outras pessoas que os acompanhava. E vai voltar ainda para muitas outras pessoas até que o dia termine. Quando Jesus se foi, nada foi bonito, e quando ele volta também não é. Sempre ficam aquelas mães, e aquelas pessoas próximas em desespero, chorando, sem consolo. Até os pássaros ficam tristes junto com o dia, e ninguém realmente entende, quando ele volta.

Não acredito que hajam festas de qualquer tipo, recebendo essas pessoas em algum céu. Hoje não é dia para celebração. É dia daqueles para quem Jesus ainda não voltou, dar forças para os familiares daqueles para quem ele veio. Nesses dias que amanhecem assim, de luto, como hoje, eu fico só com uma vontade entalada na garganta de pedir bem baixinho: Jesus, por favor, tem como parar de voltar?

Recebam nosso abraço.

Hoje nenhum deus e nenhum céu tem motivo para ficar alegre.

Danilo Amaral
REJU São Paulo

luto chapecoense jesus consolo