Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

REJU-RJ: Rede participa de caminhada pela liberdade

4-10-2012

O Sol forte e o calor intenso não impediram que uma multidão se concentrasse na orla de Copacabana, zona Sul do Rio, para a 5ª Caminhada em defesa da liberdade Religiosa, promovida pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa. Ao som dos Filhos de Ghandi, os versos “Umbanda é paz e amor é um mundo cheio de luz” do hino da Umbanda abriram o evento. Estavam presentes não só comunidades de terreiros de Candomblé e Umbanda como Mulçumanos, Católicos, Judeus, Budistas, Kardecistas, Hare Krisnas, entre outras tradições de fé e pessoas sem fé pela liberdade. Os organizadores estimam que mais de 200 mil pessoas participaram. Um aumento de mais de 20.000 em relação ao ano passado.

A caminhada pediu o fim do preconceito e de atos de violência contra religiosos, além de cobrar políticas públicas para combater a discriminação. Uma das demandas dos participantes é a aplicação da Lei Nº 10.639/03, que prevê a implementação dos estudos das histórias da África e da Cultura Afro-brasileira nas escolas de todo o País, além do Plano Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. 

DSCN0489

O diretor executivo de KOINONIA, uma organização membro do FEACT Brasil, Rafael Soares, também lembrou o caso Mãe Gilda e destacou o papel das religiões na luta pela garantia de direitos: “sou do candomblé e estou aqui com duas camisas, a da militância pessoal e a da instituição de que faço parte. Participamos do processo político pela superação da intolerância religiosa desde que KOINONIA nasceu. Fomos protagonistas na defesa do Caso Mãe Gilda que motivou o dia nacional de combate à intolerância religiosa. As Caminhadas são parte da motivação geral da sociedade civil de que haja liberdade religiosa de fato e não só em leis que não pegam, tema que é agenda efetiva dos Direitos Humanos. Estamos aqui nessa caminhada reafirmando o que retomamos coletivamente na Cúpula dos Povos, de que os religiosos têm uma história de solidariedade e afirmação dos Direitos Humanos em sua integralidade, os DHESCA [Direitos Humanos Civis e Políticos, Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais] e que esperamos que isso siga de mãos dadas com caminhadas como essa Quinta e com muitas mais nas bases da sociedade, capazes de promover a mudança de toda cultura do medo e das intolerâncias, democracia e paz. Essa foi a marca do movimento Religiões por Direitos na Cúpula em junho.

A REJU-RJ, como tem realizado desde a sua organização, participou desta caminhada pela liberdade religiosa. Uma luta que faz parte de nossas bandeiras, de nossas causas, a superação das distintas intolerâncias, como as religiosas e sexuais.

DSCN0492

REJU-RJ: Rede participa de caminhada pela liberdade