Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

REJU-SP: Moção de repúdio à omissão do governo do Estado de São Paulo diante da onda de violência

13-11-2012

Conselho Municipal de Juventude de São Paulo

O Estado de São Paulo vive o caos na segurança pública e o grande responsável é o governo do Estado com sua postura omissa, que vitima principalmente a juventude. Repudiamos a proibição da população, especialmente das periferias, de exercerem o direito fundamental de ir e vir. Não é essa a política pública de segurança que os paulistanos esperam.

Enfatizamos que não é a periferia o centro do poder dos grandes traficantes e dos que lucram com todo o sistema existente para tal. Entendemos que o governo paulista deveria unir forças com as organizações de inteligência brasileira e agir pontualmente, de forma a evitar o derramamento de sangue. Diferente do método insano utilizado sistematicamente pelo governo de São Paulo, aumentando geometricamente a quantidade de pessoas encarceradas e exterminando significativas parcelas de sua população nesta guerra tão antiga.

Rechaçamos, ainda, a concepção de segurança pública deste Estado, deflagrada em 2006, repetida em 2010, acentuada em 2011 na chamada Cracolândia e, por fim, atuante desde junho de 2012, fundamentada em uma lógica de vingança. Nesta ação orientada, de discriminação e preconceito, quem morre mais é a juventude pobre e negra, e pelo simples fato de “parecer ser”.

O Conselho Municipal de Juventude da cidade de São Paulo e as entidades que o compõem assumem o compromisso público de manterem-se atentos ao desenrolar dos fatos, para coibir o genocídio da juventude. Recorreremos, caso necessário, ao Ministério Público e demais instituições competentes.

São Paulo, 8 de novembro de 2012
Conselho Municipal da Juventude da Cidade de São Paulo

REJU-SP: Moção de repúdio à omissão do governo do Estado de São Paulo diante da onda de violência