Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

REJU-SP: Secretaria de DH e entidades militantes lançam o Comitê de Enfrentamento à Homofobia de SP

26-01-2013

Clarisse Braga

A assessora do Programa Saúde e Diretos de KOINONIA-Presença Ecumênica e Serviço, Ester Lisboa, e o facilitador nacional da REJU e conselheiro do CONJUVE, Daniel Souza, participaram do lançamento do primeiro Comitê de Enfrentamento à Homofobia do Estado de São Paulo. O evento aconteceu na última terça-feira (18/12) na Faculdade de Direito São Francisco, localizada na capital paulista.

Presidida pelo organizador do Comitê Marcos Freire, a mesa de discussão contou com a participação de colaboradores e lideranças do movimento LGBT, que compartilharam aflições e experiências com vista a um planejamento estratégico inicial de combate à violência motivada pela intolerância.

Infelizmente, a Ministra Maria do Rosário não pôde comparecer, no entanto, o Coordenador Geral LGBT da Secretaria de Direitos Humanos Gustavo Bernardes a representou alertando sobre a importância da união entre movimentos sociais, associações, sociedade civil, religiosos e governo para que o Comitê obtenha êxito em sua luta.  

Com o objetivo de adicionar conhecimento ao Comitê, Dra. Mônica Lima – representante da Comissão da Diversidade LGBT da OAB – comenta o trabalho da organização dos advogados do país no combate não só à homofobia, mas também para minimizar todas as facetas da desigualdade que assola o Brasil. 

Outro trabalho que merece ênfase e que somará forças ao Comitê é o praticado pela UNESP de Franca através dos grupos Para todos e Graúna, representados pelos jovens Vitor Quarenta e Carlos Eduardo Carreira. Ambos desenvolvem um admirável trabalho no âmbito estudantil com o intuito de erradicar as desigualdades e a homofobia. O papel da juventude no movimento social teve grande destaque no evento, pois os jovens representam o maior número de vítimas da homofobia e é a partir deles que essa luta ganhará força.

Um dos objetivos desse Comitê é o de formar alianças entre os inúmeros coletivos de defesa de direitos homossexuais para combater a violência homofóbica, além de promover políticas públicas que favoreçam a população LGBT. Outro ponto abordado pelo Comitê é o aprimoramento das denúncias recebidas pelo Disque 100, já que desde 2010 não só apenas denúncias de crimes contra crianças e adolescentes são ouvidas, mas também de discriminação por orientação sexual.  

De surpresa, Ester Lisboa foi chamada para compor a mesa de colaboradores do Comitê, que aproveitou para divulgar a Campanha O amor lança fora todo medo representando as comunidades de fé no combate aos crimes de intolerâncias. O trabalho executado por KOINONIA, REJU e apoiadores da Campanha foi amplamente elogiado por Gustavo Bernardes, que não perdeu tempo e vestiu a camisa por respeito às diversidades.

REJU-SP: Secretaria de DH e entidades militantes lançam o Comitê de Enfrentamento à Homofobia de SP