Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

Notícias

Vídeo Documentário "Águas do Jaboatão"

30-07-2012

Neste mês de julho ocorreu o lançamento do Documentário: "Águas do Jaboatão". Um produto realizado por uma ação coletiva ligada à Rede Ecumênica da Juventude em Pernambuco  - REJU-PE e ao Ponto Missionário da Liberdade (Igreja Episcopal Anglicana do Brasil). O documentário chega para constatar e denunciar o descaso dos poderes públicos e a falta de compromisso da gente que vive a sua margem de manter uma consciência ecológica viva, ativa e eficaz na manutenção da Saúde Ambiental.

"Águas do Jaboatão" é fruto do envolvimento do MJPOP Liberdade, da REJU com as lutas e as causas da gente da beira do Rio. Atualmente, ele está totalmente assoreado, desprotegido pelas instâncias públicas e agredido tanto pela gente que mora à margem, por falta de consciência de preservação ecológica, quanto pelas industrias que jogam seus dejetos em seu leito.

Segundo Dom Sebastião Armando, bispo da Diocese Anglicana do Recife, “o filme demonstra a realidade do contexto bíblico de Gênesis. Vamos assistir. Daqui a pouco a gente manda para o mundo ver! Vamos divulgar, compartilhar, espalhar essa ação jovem na comunidade!”

Veja o que escreveu Alexandre Roseno, um dos jovens responsáveis pelo projeto, no texto de apresentação do documentário:

“Documentário: Águas do Jaboatão. A relação entre o rio e a cidade é marcada pela liberdade de sua corrente fluvial que percorre livremente registrando as canções de seus mortais.

Conhecer Jaboatão é, sobretudo, conhecer as águas que cortam suas terras, construir seu olhar e fomentar sua origem. Rio Jaboatão, no qual os povos indígenas se banhavam, marcavam suas infâncias, criando subsistências na transformação natural e sócio-ambiental, formando assim a sociabilidade como um ser social.

Em união, as juventudes, de comunidades periféricas e urbanas da cidade, produziram durante o ano de 2012, um documentário sobre o Rio Jaboatão. A proposta dessas juventudes é redescobrir o Rio Jaboatão desde sua nascente até o encontro como o mar em Barra de Jangada.

A homenagem do documentário “Águas do Jaboatão” vai ao saudoso Profº Orlando Breno, um dos pioneiros nessa aventura cultural e histórica que desvendou a descoberta da nascente do Rio Jaboatão em Vitória de Santo Antão – PE.

O Amor à Cidade é o fundamento que leva jovens a ter sede de conhecer e compartilhar o sonho de um espaço urbano possível igualitário a todas as pessoas. Com o coração cheio de indignação diante do descaso com o meio socioambiental do Rio Jaboatão, constrói-se o documentário que sistematiza como essa relação de desgaste é feita tanto pela população, com ocupações desorganizadas resultado de uma desestrutura socioambiental, e as fábricas atualmente, principal origem da destruição do nosso Rio Jaboatão.

A grande proposta agora é poder levar a cada residente da cidade de Jaboatão o conhecimento e a perspectiva critica do Rio queremos para nós, da sustentabilidade desejamos. E que as pessoas conscientes que vivem nessa mesma cidade quer construir.

Sendo assim, desejamos levar para o cenário de pauta das eleições a responsabilidade com o meio ambiente e com a temática de Saúde Ambiental.

A grande luta contra a hegemonia será elevar a pauta política atual, de assistencialismo e claro descaso, para um Jaboatão justo e sustentável."

Confira o documentário, pelo link: https://youtu.be/UfIzZvAW9ek