Pela Promoção dos Direitos das Juventudes

Rede Ecumênica da Juventude (REJU)

REJU Santa Catarina

A REJU SC nasce de um desejo dos participantes delegados e delegadas de Santa Catarina no VII Sulão-Mutirão Ecumênico – 2013, em Almirante Tamandaré (PR). Desde lá, poucos passos foram dados para sua real articulação e, ocorrido o VIII Sulão-Mutirão Ecumênico – Agosto/2015, em Florianópolis (SC), novamente o desejo de criar a Rede Ecumênica de Juventude foi suscitado nos e nas jovens presentes desse regional. Nesse momento foram definidos alguns nomes para dar início a essa construção. 

Nos dias 03 e 04 de outubro de 2015, alguns e algumas jovens representando diversas regiões do estado se reuniram em Florianópolis, dessa vez para firmar os passos iniciados. Naquele final de semana discutiu-se sobre a realidade da juventude catarinense e a partir disso de que forma conduziríamos os trabalhos da rede. Sobre a identidade, a equipe refletiu sobre a necessidade de acompanhar e assumir identidade da Rede Ecumênica de Juventude Nacional. 

Os resultados das primeiras conversas da equipe de articulação apontaram para a identificação com os seguintes eixos: 

- Juventudes, sexualidades e lutas feministas: tendo presente a realidade da discriminação sofrida pelos jovens nos diversos contextos culturais que vivem. E, como provocação de uma valorização do protagonismo feminino, de descobrir o verdadeiro papel da mulher na Igreja, e por extensão, na sociedade. 

- Juventudes, Estado Laico e superação de Intolerâncias: provocados pelo alto índice de intolerância e fundamentalismo (religioso, principalmente) entre os espaços juvenis. 

REJU SC atualmente conta com a parceria do CIER (Conselho de Igrejas para Estudo e Reflexão, entidade ecumênica que desenvolve atividades no estado de Santa Catarina).

 

   Página Oficial - REJU Santa Catarina